Quantidade de Páginas visitadas

Histórico da Instituição


Devido ao grande número de moradores na Comunidade de Fazenda Boa Esperança e arredores nos anos de 1980, e ao grande número de estudantes que concluíam as séries iniciais do Ensino Fundamental sem condições de continuar seus estudos por falta de uma Escola de 5ª a 8ª série na região, os moradores mobilizaram e foram em busca das autoridades competentes para fundarem uma escola na localidade, oportunizando o estudo aos seus filhos menores, adolescentes, jovens em idade escolar e adultos que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos dentro da faixa etária condizente, por serem residentes na Zona Rural, não possuindo transporte para se deslocarem até a cidade e a maioria pertencente a famílias de baixa renda.

Com o esforço de uma equipe de frente unida e com o apoio do Núcleo Regional de Educação de Campo Mourão, na pessoa do chefe, professora Dirce Wanderbrooch e da Secretaria de Estado da Educação, a escola teve suas atividades iniciadas em 21 de Fevereiro de 1984 com a 5ª série e sucessivamente as demais séries, concluindo assim o 1º Grau. Desde o início de seu funcionamento até 07 de maio de 1987, foi dirigida e supervisionada pela Inspetora Estadual de Educação do Município de Campo Mourão, professora Noemi Rocha Miranda e, a partir desta data passou a ser supervisionada pela chefia do Núcleo Regional de Educação de Campo Mourão. O referido Núcleo contou com a colaboração de um professor voluntário, que auxiliou na administração da mesma. A partir de Julho de 1988 assumiu a direção em caráter provisório a professora Eugênia Inês Mauro Teixeira , em 1989 o professor Luiz Francisco Júnior. No ano de 1990 o professor Wilson Rodrigues de Moura, e posteriormente em 1991 o responsável foi o professor Vanderlei Maran, sendo estes nomeados pelo NRE e em 1992 atendendo os critérios exigidos pela Lei, foi eleita a professora pedagoga Neide dos Santos, que se encontra na direção deste estabelecimento até a presente data.


Patrono da Escola – Tancredo de Almeida Neves

Tancredo de Almeida Neves, patrono de nossa escola, nasceu na cidade de São João Del Rei, em Minas Gerais, em 1910. Aos 23 anos iniciou a carreira política, durante o Estado Novo, foi preso duas vezes. Com o fim da Ditadura voltou à política. Foi Ministro da Justiça no governo de Getúlio Vargas e de Juscelino Kubitschek, era bacharelado em Direito e Negócios Interiores.
Com o golpe militar em 1964, Tancredo passou a militar na oposição pelo Movimento Democrático Brasileiro. Em 1978 foi eleito Senador e a seguir Governador de Minas Gerais em 1983.
Em 1985 foi realizada a primeira eleição (indireta, via Colégio Eleitoral) para presidente, desde o Golpe de 64, saindo candidato, tendo como vice na mesma chapa José Sarney. Venceu por 480 votos contra 180 de Paulo Maluf.
A articulação que elegeu a dupla Tancredo e Sarney é tida como uma das mais complexas e bem sucedida da história política do país.
Tancredo havia se submetido a uma campanha bastante extenuante e vinha sofrendo fortes dores no estômago, durante os dias que antecederam a posse. Aconselhado por médicos a procurar tratamento, teria dito “façam de mim o que quiserem, depois da posse”. Ele temia que os militares mais rigorosos se recusassem a passar o poder ao vice-presidente. Porém, não resistiu e, na véspera da posse (14 de março de 1985), foi internado em Brasília com dores abdominais. José Sarney assumiu a presidência aguardando o restabelecimento de Tancredo que, a partir de então, já em São Paulo, sofreu sete cirurgias. No entanto, em 21 de abril de 1985, Tancredo faleceu de infecção generalizada, aos 75 anos de idade.

Houve grande comoção nacional, especialmente porque Tancredo Neves seria o primeiro presidente civil após o golpe de 64. O Brasil que acompanhou tenso e comovido a agonia do político mineiro, promoveu um dos maiores funerais da história nacional. Mais de dois milhões de pessoas se despediram cantando “Coração de Estudante”, do cantor mineiro Milton Nascimento. Infelizmente em sua lápide, em São João Del Rei, não foi gravado o Epitácio que o presidente eleito prevera certa vez numa roda de amigos: “Aqui jaz, muito a contragosto, Tancredo de Almeida Neves”.








Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito